fbpx
 

Criando um chat-bot

chat bot nos negócios

Criando um chat-bot

Criar um chat-bot tem uma relação muito estreita com nossas vidas. Pois configurar um chat-bot é muito parecido com ensinar uma criança em idade de alfabetização a falar.

A relação pode parecer exagerada, mas é verdade: apesar do processo ser relativamente simples, ele se torna complexo pelas milhares de variáveis que uma conversa pode ter. Algumas pessoas usam como resposta positiva o “sim”, outras usam “ok”, outras usam termos que desconhecemos por não fazerem parte do nosso dia-a-dia. Criar um chat-bot é basicamente pensar em todas as variáveis que uma conversa pode gerar.

Para criar “Frida” (você pode encontrá-la no canto inferior direito), utilizamos o Watson Assistant. Todo o processo é bem didático. Aliás, se você pretende se aventurar, recomendamos a assistir o tutorial completo. Por diversas vezes tentamos pular capítulos que nos pareciam óbvios e acabaram se mostrando simplesmente fundamentais para a construção de Frida.

Uma das telas de configuração de diálogo do Watson Assistant

É importante também conhecimentos básicos de programação. E certa compreensão de lógica. Pois todo o funcionamento do chat-bot se baseia em ação e reação. Para cada fala que colocamos no chat, o bot reagirá de acordo com a programação lógica que fizemos.

De qualquer maneira, a plataforma do Watson é incrível. É importante lembrar que grandes empresas usam o Watson em seus sites. Para nós, o mais incrível é que a cada interação, Frida vai aprendendo novas formas de se comunicar com nossos clientes.

Ter um chat-bot ajuda muito seu website a oferecer a seus clientes um atendimento menos engessado. Permite também que você esteja constantemente compreendendo as necessidades dos seus clientes. Se você ainda não tem, seria interessante começar a pensar em ter.

No Comments

Post A Comment